A emergência global a partir da COVID-19 está atrapalhando a família, o trabalho e a vida social de muitas pessoas ao redor do mundo.

Na Teva, estamos trabalhando com determinação para manter o fluxo de medicamentos a pacientes e sistemas de saúde. Milhares de colegas adaptaram a forma como operam para continuar a realizar trabalhos essenciais nas linhas de produção, armazenagem e redes de distribuição.

Aqui estão alguns exemplos dos sites da Teva em todo o mundo. É possível encontrar mais exemplos e manter-se informado sobre as notícias mais recentes, visitando a conta LinkedIn da Teva.

Manutenção de suprimentos de medicamentos essenciais

Uma em cada dez prescrições de genéricos nos Estados Unidos contém um produto Teva1. Para continuar atendendo à demanda, as equipes em todo o país têm trabalhado com afinco para manter a cadeia de suprimentos e as linhas de produção funcionando. A equipe do depósito da Teva na Pensilvânia, por exemplo, está recebendo mais de 40 milhões de unidades por mês e entregando mais de 25 milhões de unidades por mês. A equipe atualmente tem uma taxa de entrega dentro do prazo de mais de 99%!

Na Europa, a demanda dos atacadistas começou a aumentar significativamente à medida que o coronavírus começou a impactar o continente.

Em março, 15.000 paletes contendo 30 milhões de pacotes de medicamentos foram entregues aos clientes na Alemanha e Áustria. As equipes de depósito e distribuição nos dois países, em resposta ao dobro dos pedidos, redefiniram os padrões de turno, as pessoas voltaram cedo de suas férias e todos, de aprendizes aos gerentes, assumiram mais responsabilidades.

Na Croácia, nem mesmo um terremoto impediu a equipe de fabricar medicamentos essenciais. De acordo com Robert Frankovic, diretor de operações de produção, “a produção não parou – os pacientes que precisam dos nossos produtos são nossa prioridade”. As linhas de produção foram reparadas e reativadas em tempo recorde, e um antisséptico muito necessário foi aprovado para uso local – alguns dos quais estão sendo doados para centros médicos e de crise regional na luta contra a COVID-19.

Na Áustria, nossos motoristas de caminhões continuam trabalhando ininterruptamente para garantir que os medicamentos cheguem aos seus destinos. Gerhard Riek, por exemplo, continuou a desempenhar um papel essencial na administração de medicamentos, apesar dos níveis elevados de incidência do coronavírus em algumas regiões do país. Os motoristas estão equipados com luvas, máscaras faciais e trajes protetores para ajudar a manter sua segurança. O contato com outras pessoas também foi significativamente reduzido, garantindo que a documentação seja processada on-line e o descarregamento seja feito por apenas uma pessoa.

Na América do Sul, a equipe da Teva no Chile tem feito um grande esforço para manter as atividades e atender às necessidades dos pacientes que esperam receber os medicamentos. Paola Garrido, supervisora de produção, disse: “Tenho orgulho de ver como minha equipe trabalha, como percebem todos os detalhes, a dedicação e o empenho nas áreas de trabalho e na vida diária e familiar. Todos estão comprometidos com as tarefas diárias para atender nossos pacientes em tempo hábil.”

Bem-estar dos colaboradores

O bem-estar dos colaboradores em todo o mundo é de importância fundamental à medida que continuamos a responder a esta emergência global. Estamos operando conscientemente, concentrados na saúde e na segurança de nossos colaboradores.

Reduzimos o número do pessoal em nossas instalações, permanecendo apenas o pessoal essencial e que não pode trabalhar remotamente. Estamos cumprindo as recomendações locais de distanciamento, EPI e instruções de higiene para proteger melhor nosso pessoal, suas famílias e as comunidades nas quais operamos.

É possível saber quais são as outras etapas que estamos seguindo em relação aos nossos colaboradores, e como estamos gerando um impacto positivo em relação à pandemia da COVID-19, clicando aqui.

___________________

[1] IQVIA NPA Data (as of MAT Dec 2019)