“Amo este departamento. Causamos um impacto positivo na vida de milhares de pessoas”. Amanda Fernandes é responsável pelo programa de suporte ao paciente (PSP) TevaCuidar no Brasil e na Argentina. E ela quer que todos saibam disso.

TevaCuidar é o novo nome do PACO, um PSP brasileiro que começou em 2003, e foi originalmente desenvolvido para oferecer ajuda e apoio a pacientes que tomam medicamentos para tratar a esclerose múltipla (EM). Amanda integrou o programa quando a Teva chegou ao Brasil e se tornou cada vez mais envolvida na formação do programa desde 2006. “O programa começou”, explica Amanda, “porque reconhecemos que as pessoas que vivem com esclerose múltipla não exigiam apenas material e informações sobre a doença, mas também apoio e acompanhamento em suas vidas”.

amanda-fernandes

Ser diagnosticado com esclerose múltipla é uma experiência de mudança de vida, e os efeitos disso são muito mais profundos do que os sintomas físicos, diz Amanda. “Esses pacientes são pessoas que realmente precisam de atenção em uma série de questões, inclusive apoio emocional e psicológico. Explicar como podem se cuidar clinicamente administrando os seus medicamentos foi apenas o primeiro passo”.

Quando a Teva chegou ao Brasil em 2006, expandiu-se com uma equipe dedicada de profissionais de saúde que trabalham no PSP para atender às necessidades dos pacientes.

A Teva rapidamente percebeu que os pacientes se beneficiavam mais da ajuda oferecida pelo PSP quando os pacientes estabeleciam uma confiança mútua com os profissionais que os apoiavam. “Quando os pacientes têm uma relação próxima com os profissionais (enfermeiros, farmacêuticos) que os assistem, ficam mais confiantes”, diz Amanda.

“Também decidimos treinar a equipe nos menores detalhes, não somente nas partes científicas e técnicas de seus trabalhos, mas também em intervenções motivacionais e como abordar tópicos de interesse com os pacientes. Tenho muito orgulho dessa equipe. A paixão e o comprometimento da equipe do PSP pelo seu trabalho e as interações se refletem em sua maneira de fazer as coisas. Sabe quando as pessoas realmente amam o que fazem? Os profissionais do TevaCuidar são todos assim”.

A mudança nos pacientes foi notável, disse Amanda. “O mais importante é que eles se tornaram mais confiantes e, consequentemente, mais propensos a aderir ao seu tratamento. Quanto mais eles entendem a sua doença e como isso os afeta, mais entendem os benefícios da adesão o tratamento”.

“No fim, os pacientes aprendem a assumir a responsabilidade pelo seu próprio bem-estar. É incrível ver como o suporte do TevaCuidar impactaram as suas vidas, algo que nós, como PSP, ouvimos o tempo todo; é tão comovente e gratificante para nós”.

“Mudamos o nome de PACO para refletir a nova abordagem, mas também porque queríamos que os pacientes brasileiros soubessem sobre a Teva e o que realmente fazemos, que é cuidarmos das pessoas”, disse Amanda.

O novo nome e foco serão acompanhados pelo que há de melhor em novas tecnologias, além da Central de Atendimento estabelecida. “Lançamos uma página da Web (tevacuidar.com) e um aplicativo com o mesmo nome, o que nos permite levar ainda mais tecnologia aos nossos pacientes”.

A nova abordagem certamente atrai as gerações conectadas de hoje em dia, mas o objetivo de usar soluções técnicas é simplificar o processo de manter o contato com os pacientes, diz Amanda. “É sobre melhorar o serviço que oferecemos e aproveitar ao máximo a incrível tecnologia que está disponível atualmente”.

NPS-ALL-NP-00023 Outubro de 2018