Recentemente, escrevi um artigo para o meu blog que descrevia o que tento fazer para manter o equilíbrio e o meu estado “normal” durante esse período de incerteza e crise. Com mais algumas semanas de distanciamento social e pelo menos mais quatro semanas pela frente, adicionei algumas novas atividades à minha “caixa de ferramentas de sanidade”.

Faça intervalos para evitar o esgotamento

Não subestime o efeito que um período prolongado de estresse intenso pode ter sobre sua capacidade de pensar claramente e se comportar de modo seguro. Ser cuidador significa que, visto que você não está apenas cuidando de si mesmo, é necessário ser mais cuidadoso. Por exemplo, na semana passada, estava cozinhando batatas e fui embora, fiquei distraído com outras questões e, bem, este foi o resultado:

Claro, todos cometemos erros, mas o custo desse erro, se o incidente não tivesse sido verificado, teria sido mais grave agora do que em tempos “normais”. Coloquei minha família, eu mesmo e a casa em risco. Sem mencionar as batatas que ficaram fedorentas e intragáveis!

(Fico feliz em informar que a panela foi recuperada completamente, mas a esponja usada para limpá-la ficou imprestável para sempre).

Agora, mais do que nunca, nós, como cuidadores, devemos buscar maneiras de descansar, relaxar e recuperar as energias. Acho que isso é especialmente difícil porque é apenas quando tenho alguns minutos para mim, que a intensidade dessa crise mundial realmente me atinge. Quando estou ocupado, não estou pensando tanto nisso.

Agora é o momento

Quantas vezes na sua vida você desejou ter tempo para ir atrás de alguma paixão oculta?

“Talvez eu escreva uma peça de teatro ou um romance!”

“Talvez eu vá pintar ou aprender a tocar piano!”

“Sempre quis estudar a história do Egito antigo!” E assim por diante.

Agora é o momento de fazer uma dessas coisas. Não crie expectativas muito altas, basta encontrar algo em que você possa mergulhar e seguir em frente. Seja qual for a sua escolha, escolha uma atividade segura - não faça escaladas ou compre um equipamento para fazer arte pirográfica. Este não é o momento para acidentes.

Existem riquezas incalculáveis disponíveis na Internet sob a forma de cursos (muitos agora são gratuitos), bem como recursos de bibliotecas que podem ser acessados on-line. Não se sinta culpado e aproveite e fique longe dos noticiários, do vírus e do estresse por 30 minutos. Estou fazendo cursos sobre como melhorar o alcance dos meus textos e usando a publicidade para ajudar algumas das pequenas empresas locais da minha região a permanecer no negócio.

Tente se manter ativo

Todos continuam dizendo para me exercitar para liberar o estresse. Não sou uma pessoa particularmente ativa, embora eu goste de tênis e golfe, o que infelizmente, devido a medidas de distanciamento social, não são possíveis agora. A ordem de “Fique em casa” atualmente em vigor onde moro nos Estados Unidos impactou apenas minimamente o meu estilo de vida. Minha esposa, no entanto, não foi capaz de comparecer às sessões de fisioterapia ou receber a visita do terapeuta domiciliar nas últimas três semanas.

E este é um problema sério, sem um fim à vista.

Então, na semana passada, comprei o mesmo tipo de bicicleta ergométrica com encosto que minha esposa usaria na clínica. Não foi barato, nem foi fácil configurar, mas agora posso garantir que ela faça os exercícios aeróbicos e quem sabe até eu mesmo! Já que tempos desesperadores exigem medidas desesperadoras, com a saúde da minha esposa em risco, a despesa (e um pouco de esforço extra) com certeza compensa o possível benefício.

Explore novas formas de mídia social

Se você tiver mais de quarenta anos é muito provável que esteja mais à vontade com o Facebook e o Twitter como pontos de entrada para as mídias sociais. Infelizmente, ambos estão sobrecarregados com notícias da pandemia global, turbulência política ou alguma outra bagunça.

Graças à minha filha de 12 anos, descobri o mundo de mídias sociais “alternativas” onde, de fato, “tudo são flores”! O Youtube oferece incontáveis (e eu quero dizer que é impossível contar) horas de entretenimento. Os vídeos que no passado me fariam sentir culpa por assisti-los, pensando: “por que estou desperdiçando tempo nisso?” ou repreender minha filha dizendo: “você vai apodrecer seu cérebro”, agora são os meus favoritos.

Eu recomendo que você encontre um guia para ajudá-lo a navegar por esse domínio específico de mídia social, de preferência um adolescente, que possa ajudar a evitar o que for lixo mesmo, para que você possa desfrutar da incrível criatividade e energia que o YouTube tem para oferecer.

O Instagram e o TikTok são um pouco menos intimidadores, embora não menos impressionantes e confusos sem um tutor. Nesses mundos, você pode se cercar de pessoas a quem admira, que animam e colocam você para cima, que fazem você rir e que lembram que o mundo ainda está cheio de criatividade, carinho e humor.

Minha filha está cansada de me ouvir dizer como fico impressionado com o talento de uma pessoa e a loucura que ela está disposta a fazer para se tornar popular em um desses canais. O aspecto de entretenimento aliado a um componente educacional significativo torna este tipo de universo de mídia social o meu lugar favorito para fugir durante o distanciamento social.

Fique isolado e fique seguro!

NPS-ALL-NP-00112 ABRIL DE 2020

As pessoas que escreveram e criaram o conteúdo, e cujas imagens aparecem neste artigo, foram pagas pela Teva Farmacêutica por suas contribuições. Este conteúdo representa as opiniões do colaborador e não reflete necessariamente as da Teva Farmacêutica. Da mesma forma, a Teva Farmacêutica não analisa, controla, influencia ou endossa qualquer conteúdo relacionado aos sites do colaborador ou redes de mídia social. Este conteúdo é destinado a fins informativos e educacionais e não deve ser considerado aconselhamento ou recomendação médica. Consulte um profissional médico qualificado para ter um diagnóstico e antes de iniciar ou alterar qualquer regime de tratamento.

Este conteúdo foi originalmente publicado pela Teva no site Life Effects, onde artigos e outros conteúdos estão disponíveis para públicos dos EUA e europeu.

Apenas para residentes nos EUA: https://lifeeffects.teva/us/

Apenas para residentes europeus: https://lifeeffects.teva/eu/